quinta-feira, 29 de janeiro de 2009

Boa, Hamlet!

00:49:36,873 --> 00:50:38,435

Morrer... dormir... nada mais! E com o sono, dizem, terminamos o pesar do coração e os conflitos, herança da carne. Que fim poderia ser mais devotamente desejado? Morrer... dormir. Dormir, talvez sonhar. Sim, eis a dificuldade. Porque no sono da morte, que sonhos podem sobrevir quando nos tivermos libertado do torvelinho da vida?


01:27:30,278 --> 01:27:32,075

- Então, HamIet... onde está Polônio?

- Ceando.

- Ceando? Onde?

- Não onde come, onde é comido. Certo congresso de vermes políticos está agora com ele.

- Ai!

- Um homem pode pescar com o verme que comeu um rei... e comer o peixe que se nutriu do verme.

- Que queres dizer?

- Nada. Mostrar-vos como um rei pode circular nas tripas de um mendigo.


00:57:06,589 --> 00:57:40,882

Que obra-prima é o homem! Nobre pela razão! Infinito em faculdade! Em formas e movimentos, é expressivo e maravilhoso! Nas ações, parece um anjo, na inteligência, um deus! A maravilha do mundo! Protótipo dos animais! E para mim, que significa essa quintessência do pó? O homem não me deleita...

(Hamlet - Franco Zeffirelli)

2 comentários:

LAG disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
LAG disse...

zefirelli é daqueles caras que todo mundo pensa que já morreu, mas tá vivinho da silva - ou nem tanto. com quase 90. :)

[não vi o hamlet, mas sou mais doido pra ver ainda o romeu e julieta dele. pelo que meu pai e minha mãe dizem, foi quase um werhter pra época (68), rs]

shakespeare merece 27 estátuas, só aqui no brasil, por quem ele não fez porra nenhuma. na inglaterra, ele é o sobrenome de todas as ruas. e como eles têm intimidade suficiente, o primeiro nome de todas elas é "bill".. :)